top of page

Usando a Roda da Vida para definir metas


Este artigo disponibiliza o download e as instruções para você usar o gráfico Roda da Vida, citado em episódios do podcast Autoconsciente
Roda da Vida
.pdf
Download PDF • 492KB

Siga estes passos:

1. Comece definindo quais aspectos da vida você quer colocar nela. Aqui estão algumas sugestões para escolher: saúde, trabalho, finanças, relacionamento amoroso, relacionamento familiar, vida social, autocuidado, estudos, lazer, vida emocional, espiritualidade, atividade física, desenvolvimento pessoal.

2. Trace em sua roda um número de raios igual ao de aspectos que você quer representar. Após traçar todos os raios, você terá os setores; identifique-os. 3. Reflita sobre sua satisfação com cada aspecto da vida e atribua uma nota de 1 a 10. Para marcar a pontuação, basta preencher ou colorir o espaço entre o centro da roda e o traço que corresponde à nota (tem um exemplo mais abaixo).


4. Pergunte-se: Que ação / quais ações eu poderia realizar para aumentar minha satisfação com esse aspecto da vida? Tome nota das ações em um caderno.


 


Um exemplo de como fica a roda preenchida. Você escolhe quantos e quais setores de sua vida quer representar nela.

 

Ao definir suas ações e metas, tenha em mente estes pontos:


1. A ação deve ser visualizável. Digamos que você pense na ação "ter mais bem-estar". Agora, visualize isso. Está vago, não é? "Ter mais bem estar" não é uma ação clara, específica, visualizável. Já estes exemplos de ações aqui são visualizáveis: fazer alongamento de manhã, ser mais paciente, dormir mais, passar mais tempo com a família, fazer uma alimentação saudável. Então, defina para a sua roda da vida | ações que você possa visualizar, que você possa se imaginar fazendo.

2. A ação pode precisar de complementos. Por exemplo, praticar atividade física. Praticar como? Quantas vezes por semana? Onde? Você precisa definir esses complementos, para ficar uma ação mais clara, mais específica – por exemplo, praticar atividade física com caminhada na praça três vezes por semana, por meia hora.

3. A ação pode ser uma meta. É o caso dessa aqui: emagrecer cinco quilos. Se a gente pensar bem, emagrecer cinco quilos é algo que a gente almeja, portanto é uma meta, e para alcançá-la precisamos de outras – como fazer dieta e exercício. Uma meta também precisa ter prazo – por exemplo, emagrecer cinco quilos em seis meses. E precisa ainda ser alcançável, viável. Emagrecer cinco quilos em seis meses é viável para você? Dá para realizar? Se você acha que não dá, pode rever o prazo ou o peso que deseja emagrecer.

4. Concentre-se naquilo que é essencial para você. Isso é para evitar de criar uma lista de coisas que depois você não vai ter condições de realizar. Para você ter uma ideia, eu tenho três coisas que quero realizar em 2023: fazer aulas de yoga, lançar um novo curso e gravar vídeos para o meu canal no YouTube. E tenho duas metas de crescimento para os meus negócios. É isso. Não mais do que isso, porque já tem um montão de outras coisas que eu faço habitualmente, então não dá para me comprometer com muito mais.

5. Priorize aquilo que vai impactar mais positivamente a sua vida. Por exemplo, priorizar as ações no seu setor da saúde, porque obtendo uma melhoria para a saúde, você tem mais qualidade de vida, mais disposição, mais bom humor, mais autoestima, e isso teria um efeito positivo nas outros aspectos da vida também. Outro exemplo: priorizar o aspecto das finanças, porque obtendo uma melhoria aqui, você teria recursos para investir em ações para outros setores como o dos estudos, o do lazer ou o do autocuidado.



E para encerrar...


A virada de um ano é como a virada de uma página da nossa história. Eu não vejo essa página como a de um livro, que já está escrita, que já vem pronta, mas como a página de um caderno, que nós vamos preencher. E assim como a página do caderno traz as linhas, em que a gente vai escrever as nossas ações em metas, a nossa história, o ano vai trazer acontecimentos, oportunidades, desafios - e nós vamos escolher como lidar com tudo isso. Nós vamos escrever essa nova página com as nossas escolhas e atitudes perante aquilo que o ano vai trazer.


Então, vamos preparar a nossa mente para a virada. Para que a gente abra essa nova página da nossa vida com muita clareza do que quer escrever, e também do que não quer. Pra que a gente não fique apenas reescrevendo as mesmas cenas das páginas anteriores, os mesmos problemas, as mesmas insatisfações, os mesmos conflitos. Mas sim, escrever algo novo, projetos, experiências, aprendizados, realizações.


Eu sinceramente desejo, em seu novo ano,

que você esteja bem, que você esteja em paz,

que você esteja centrado no seu coração.


Um abraço, Regina




bottom of page